Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2008

Terrorismo Filosófico

Leon Czolgosz, libertário ilegalista do final do século XIX. Aos 28 anos, no dia 6 de setembro de 1901 com um revolver calibre 32 ele ficou mundialmente famoso com o assassinato do Presidente dos EUA Willian McKinley. De uma família imigrante Polonesa nasceu em Detroit em 1873, e foi executado na cadeira elétrica em 1901 na Prisão Auburn, Nova Iorque. Tornando-se herói e sendo até endeusificado entre militantes de variadas ideologias anti-capitalista espalhadas pelo mundo.
Não só Czolgosz mas também muitos anarquistas Ilegalistas também conhecidos como anarquistas Individualistas e, de uma forma mais pejorativa, anarco-terroristas praticaram bombardeios, regicídios*, e ações-diretas violentas contra o estado e corporações no final do século XIX e início do século XX, como o assassinato do rei da Itália Humberto I pelo anarquista ítalo-americano Gaetano Bresci. Tal época era marcada por opressões violentas e chacinas do estado contra manifestantes em todo o mundo. Criando um ambiente d…