Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2008

Poesia para Deus

Em vez de um texto massante... mas ainda no mesmo tema.

Antes de falar: Alguém sabe como ponho parágrafo na merda destes posts?

Uma vez li algo mais ou menos assim, em algum lugar que não lembro: "A existência de Deus me incomoda, a inexistência dele me incomoda mais ainda. Quando não quero gritar para O Nada, crio meu próprio Deus que, na maioria das vezes é o Deus do antigo e novo testamento. Quando grito para a parede eu não consigo me consolar, mas quando uso o nome de Deus é como se por alguns segundos eu tivesse uma missão, uma tarefa a cumprir. Mas a tarefa é um tanto furiosa, com muito ódio."

Como se não bastasse, em um dia qualquer, daqueles que você sai para andar na rua mais para se auto-paparicar com sua já dramática melancolia existencial de final de domingo, encontro um papel amarelado e largado aparentemente em um lugar estratégico, como se, o autor quisesse que alguém o apanhasse e lesse. E, claro, eu peguei. E havia algo mais dramático e melancólico que o final…